DIU – Hormonal

O que é, como funciona, qual a finalidade?

DIU

DIU significa Dispositivo Intrauterino, mas também pode ser chamado de sistema intrauterino (SIU). 

O DIU é um dos métodos contraceptivos mais usados pelas mulheres e atualmente, há no mercado duas modalidades: os hormonais e os não hormonais.

Os tipos de DIUs hormonais mais utilizados no Brasil são o DIU Kyleena e o DIU Mirena.

Tanto o DIU Mirena, quanto o Kyleena podem ser utilizados por até 5 anos e ambos liberam o hormônio progesterona no útero.

Um dos diferenciais do Kyleena é que há concentrações mais baixas de hormônio, o que se tornou um atrativo para as mulheres que buscam métodos contraceptivos com menor interferência hormonal.

Um pouco mais do DIU Mirena

O Mirena é um tipo de DIU que libera o hormônio progesterona e que é indicado para prevenir a gravidez, além de ainda poder ser indicado para o tratamento da perda de sangue abundante e exagerada durante o período menstrual ou em casos de endometriose.

Este dispositivo em forma de “T” deve ser inserido no útero, onde irá liberar gradualmente o hormônio levonorgestrel para o organismo.

Por quanto tempo o Mirena pode ser usado? 

O Mirena pode ser usado durante 5 anos consecutivos, e no final desse período o dispositivo deve ser retirado pelo médico, existindo sempre a possibilidade de colocar um novo dispositivo. 

Mirena não prejudica a relação sexual

Durante a utilização do dispositivo não é esperado que ele interfira com a relação sexual.

Se isso acontecer, porque há dor ou porque é possível sentir a presença do dispositivo, é recomendado que se interrompa o contato sexual e se procure o ginecologista para verificar se o dispositivo está corretamente posicionado.

No entanto, em poucos casos, o DIU Mirena também pode causar ressecamento vagina, o que pode dificultar a penetração durante a relação, sendo aconselhado o uso de lubrificantes à base de água para tentar solucionar o problema.

Além disso, depois da colocação de Mirena as relações sexuais são contraindicadas nas primeiras 24 horas, para que o organismo possa adaptar-se ao novo método contraceptivo.

Um pouco mais do DIU Kyleena

O  DIU Kyleena é um novo DIU hormonal, em formato de T, que libera um hormônio, chamado levonorgestrel, um tipo de progesterona. 

O fabricante é a Bayer e a forma correta de pronúncia é “cailina”.

O Kyleena altera o fluxo menstrual?

A resposta é “sim”. Ele pode reduzir o fluxo menstrual e a mulher passa a sangrar por menos dias e com menor intensidade, mas é bom lembrar que o DIU hormonal não é uma promessa de ausência de menstruação, é uma possibilidade.

Quanto menor a taxa hormonal, menor é a chance da paciente parar de menstruar.

Outro mito é que ele aumenta a cólica…

A resposta é “não”. Diferentemente do DIU não hormonal, que pode aumentar o fluxo menstrual e as cólicas, o Kyleena tem efeito aposto. É esperado que as pacientes tenham menos cólicas.

Afinal, qual é o melhor modelo, Mirena ou Kyleena?

Esta questão é muito pessoal.

Antes de decidir pelo modelo, as mulheres precisam entender suas reais expectativas e necessidades, não necessariamente a mulher precisa de hormônio para prevenir uma gravidez, mas ela pode precisar controlar um padrão de sangramento.